75% dos diagnósticos de câncer de ovário chegam tardiamente
Silencioso, com poucos sintomas e de difícil detecção por conta da ausência de exames específicos, o câncer de ovário torna-se um dos cânceres ginecológicos mais letais, já que 75% dos diagnósticos são concluídos quando a doença já se espalhou para outros órgãos. Sintomas
A maioria das mulheres com câncer de ovário não apresenta sintomas até a doença atingir estágio avançado. Nesse caso, os mais característicos são dor e aumento do volume abdominal, constipação, alteração na função digestiva e massa abdominal palpável.
Diagnóstico
Medição do marcador tumoral sanguíneo CA 125 (80% das mulheres com câncer de ovário apresentam CA 125 elevado) e ultrassonografia pélvica são dois exames fundamentais para estabelecer o diagnóstico da doença.
Já na confirmação do diagnóstico, outros exames serão pedidos: Laparoscopia exploratória seguida de biópsia de tumor, Raios-X torácico, tomografia computadorizada, avaliação da função renal e hepática e exames hematológicos podem auxiliar.
O mais importante é você fazer sua consulta periódica na sua ginecologista, de preferencia anual, caso você não tenha alguma doença pré-existente ou histórico da de doenças ginecológicas na família, pois assim ela poderá identificar alguma irregularidade e pedir os exames necessários.

#drabartyragranata #cancernoovario#ginecologista #ginecologistaemsp #sp